Porto Luanda

Noticias


Card image cap

ALBERTO BENGUE FAZ BALANÇO «POSITIVO» DA DÉCADA

01-11-2017

O PCA fez recentemente um balanço «positivo» dos últimos 10 anos da EPL, salientando, entre outros destaques, a implementação, em época de crise, de uma política de incentivos aos agentes de navegação. O balanço foi feito durante a «Reunião de Balanço da Década», das empresas públicas do sector dos transportes, realizada nas instalações do Instituto Superior de Gestão, Logística e Transporte (ISGEST), em Luanda.

Na sua alocução, o PCA do Porto de Luanda, Alberto Bengue, começou por fazer um enquadramento histórico do surgimento da empresa, bem como da composição da actual estrutura directiva. Um dos principais destaques foi a produção em Teu’s que, de 2007 a 2013, cresceu, gradualmente, consolidando-se em 2014, com o registo de mais de 13 milhões de toneladas movimentadas e uma operação de 8 mil navios.

Este registo histórico, disse o PCA na presença de mais de 400 colaboradores do sector dos transportes, possibilitou a administração desenvolver acções que permitiram a distribuição de 222 casas aos portuários.

Esclareceu, por outro lado, que fruto da conjuntura económica do país e consequentemente a escassez de divisas para as transações, os anos seguintes foram de redução, mas admitiu que «a situação começou a ser invertida em 2016, com a implementação de uma política de incentivos aos agentes de navegação, que teve como objectivo atrair carga de transhipment para o Porto de Luanda».

Olhando para os indicadores, o PCA considerou 2015 como ano que maior força de trabalho observou com cerca de 500 efectivos, e aproveitou para sublinhar que em termos percentuais, o género masculino representa cerca de 70 porcento do efectivo e o feminino 30. E, depois, sublinhando a distribuição da força de trabalho por grupo etário, o Presidente do Conselho de Administração destacou que o grosso dos colaboradores está numa faixa dos 56 aos 65 anos, seguida a dos 46 aos 55. As faixas seguintes estão entre os 36 e 45, e os 26 e 36 anos.

O grupo dos 18 aos 25 anos de idade é o que congrega menos força. A literacia também mereceu destaque ao melhorar «consideravelmente de 2009 a 2014», tendo-se verificado um aumento de número de quadros com o ensino médio concluído, ao passo que a partir de 2016 cresceu o número de colaboradores com licenciaturas e mestrados.

Inserido no ciclo de seminários designado “Reunião de Balanço da Década” organizado pelo Ministério dos Transportes, entre os meses de Junho a Julho, o evento serviu para os Presidentes dos Conselhos de Administração do sector dos Transportes balancearem o desempenho das empresas que dirigem, em termos económico-financeiros, de recursos humanos, técnico – operacional, verificado nos últimos 10 anos.

De acordo com o documento proveniente do Ministério dos Transportes, que o Portinforme teve acesso, o objectivo central da actividade, que teve como palavras chaves balanço, comunicação e diálogo, foi «mostrar o que foi feito ao longo dos dois últimos ciclos de governação e expressar reconhecimento, gratidão, carinho, esperança, e estimulo para com os trabalhadores das empresas do sector», lê-se.


Card image cap
APROVAÇÃO DA RECONVERSÃO DE CARREIRA EXIGE OBRIGAÇÕES
 01-11-2017
Ler noticia
Card image cap
Novo Governo aposta no plano logístico integrado do país
 01-11-2017
Ler noticia
Card image cap
Produção portuária cresce 26,5%
 01-11-2017
Ler noticia

Outras Noticas


Nenhum dado ainda...



Um Porto com Passado


Apostando no Futuro

Galeria



Navios cruzeiro

Veja mais...

Eventos da Comunidade Portuária

Veja mais...

VISITAS

Veja mais...

Projecto Habitacional

Veja mais...

Conferências

Veja mais...

Natal da família portuária 2019

Veja mais...

FEIRAS

Veja mais...

EMPOSSAMENTOS

Veja mais...

 

We Make


Your Business Fit

Relatórios



BOLETIM ESTATÍSTICO 2018
 
Produção Portuaria 2018 Bilingue
 
BOLETIM ESTATÍSTICO BILINGUE DA PRODUÇÃO PORTUÁRIA 2019